quarta-feira, 28 de agosto de 2013

O dia da garota: Paixão por livros


Oiiiieeee! Dia de vídeo, yeeeey!!!

Mais uma vez, Lila e eu decidimos falar sobre livros, uma de nossas paixões em comum. Impulsionadas por um pedido da Natali Lima (valeu, gata!), abrimos nossos corações e nossas memórias para falarmos sobre como começamos a ler, quem nos incentivou, os livros que abriram as portas da sede de conhecimento, diversão e entretenimento. Bonito isso, né? *rsrs* Nós nos empolgamos e falamos muito, mas o vídeo ficou legal. Espero que goste!

✿ Gostou? Então clica no "joinha" e ajude a divulgar! ✿

✿ Canal O dia da garota
✿ Canal do Vai Garota!
✿ Canal do O dia da Lila


Quem tiver dicas, sugestões e até mesmo críticas (construtivas, please), pode deixar nos comentários que a gente vai ter a maior honra e alegria em atender.



Beijo beijo;





11 comentários:

Hélen Bezerra - Mundo da Helen disse...

Meninas amei demais o vídeo e saber quando começou a paixão de vocês, também amoooooo Pedro Bandeira, e li a droga da obediência e amei demais e foi um dos livros que marcou minha adolescência!
Beijos lindona do meu coração!

Diise França disse...

Que bacana, muito bom saber como tudo começou! Gi, sua precoce! Haha
Eu lembro que eu lia livrinhos e Turma da Mônica, minha mãe incentivava, mas minha paixão por livros começou mesmo quando li o livro A droga do amor de Pedro Bandeira, livrinho infanto-juvenil que me conquistou na época. A partir daí, lia muito ele e muitos da série vagalume *-* Bons tempos!

a Frahn ;D disse...

Não posso assistir agora, mas marquei o vídeo para assistir mais tarde e depois comento lá no Youtube

;*

Anônimo disse...

É ótimo ler livros, depois que acaba dá aquela sensação de vazio..
Big Beijos
Lulu on the sky
http://luluonthesky.blogspot.com

a Frahn ;D disse...

Ameeei o vídeo!

Eba! Falaram de livros que eu já li (raridade, as pessoas sempre leem livros diferentes dos que eu leio kkk)

Bom, deixa eu responder a pergunta primeiro:
"Qual livro deu início ao seu amor pela leitura?"
A Bíblia!

Agora eu explico:
Não, não foi o primeiro livro que eu li, claro que não (a linguagem não é tão simples assim haha). Minha paixão pela leitura começou antes de aprender a ler.
Meus pais se separaram quando eu era bebê, então eu só via meu pai nos momentos de lazer, não me lembro de vê-lo lendo. Quanto à minha mãe, nós acordávamos 7 horas da manhã, eu ia para a casa da minha avó e ela ia trabalhar, ela voltava para casa por volta das 19 horas, eu dormia às 20 horas (estava morrendo de sono), por isso quase não via minha mãe durante a semana. Ela não era uma leitora assídua (hoje ela lê mais), mas estava entrando de cabeça na RCC (Renovação Carismática Católica) na época, então passava horas lendo e estudando a bíblia, todo final de semana. Eu via aquilo e parecia tão legal, eu queria muito isso, queria aprender a ler para ler a bíblia
(Sim, eu era uma criança muito fofa haha). A ansiedade atrapalhou um pouco e, embora estudasse numa ótima escola onde os alunos aprendiam a ler aos 06 anos (pré 3), eu fui uma das últimas da turma a aprender a ler, com 06 anos ainda, mas no fim do ano. Porém quando comecei não parei mais. Lia muito, de tudo um pouco, mas o mais legal é que minha avó tinha uma biblioteca bem legal na casa dela, livros dela, do meu avô, dos meus tios, livros muuito antigos, tinha de tudo. Como era lá que eu passava meus dias, quando não estava na escola, eu devorei muitos livros de lá e isso aumentou meu amor. Quando ela resolveu se desfazer da biblioteca, antes de falar com qualquer um, ela me chamou e disse que eu podia pegar os livros que eu quisesse (menos a coleção do Jorge Amado que ela acabou me dando depois haha). Eu fui ler a bíblia com uns 7 ou 8 anos, mas uma bíblia especial, para crianças (até hoje procuro dela para comprar, porque minha mãe deu a minha quando fiquei mais velha) muuito bacana, com linguagem simples, ilustrações e curiosidades históricas no final.

Quanto ao vídeo, alguém mais reparou que a Gi estava com o pincel da Maria Margarida na mão? É muito amor hein! kkk

Amei de vocês falarem da coleção Vagalume. Todo mundo já leu? Todo mundo mesmo! Até eu! kkk Amava, "Sozinha no mundo", "A Ilha Perdida"... tantos...

eu li 50 tons e gostei muito kkk, falei sobre isso no blog.

Quanto aos livros adequados para crianças, eu disse que fuçava na biblioteca da minha avó né? Aham. Aos 12 anos Jorge Amado era meu escritor favorito. Não sei como eu não achei Emmanuelle na época kkk (sim, ela tinha, 1 e 2). Maaas, apesar de não achar que isso tenha me feito mal, eu esconderia esses livros dos meus filhos sim, pelo menos até uma certa idade rs. É meio assustador pensar que minha filha vá ler os livros que eu lia aos 12 anos.

Diário de um banana eu folheei uma vez e achei bem chatinho, eu até ia comprar (estava bem barato) e não comprei por isso. Não sei se lendo ele todo fosse diferente. P.s.: eu costumo gostar muito de livros infantis, leio mais eles agora que na infância rs

Como treinar o seu dragão: eu já disse q detesto história repetida, mas eu vi o filme e foi um dos poucos que vi mais de uma vez, veria de novo e me emocionei em todas. Agora eu quero o livro T.T

Acredito muito na influência dos pais para o filho gostar de ler, e isso é muito bom, porque acho que vou ficar um pouco decepcionada se meus filhos não gostarem. Farei o possível.

;*

Sorry o comentário enorme, mas precisava rs. Amei o vídeo, amo os vídeos que vocês gravam juntas.

Rubia Olivo disse...

na minha escola também tinha esse esquema de pegar um livro por semana, mas infelizmente, os exemplares disponíveis não eram tão bons :/

Gi Lizarda disse...

@Hélen Bezerra - Mundo da Helen
Obrigada, Helen. Estamos nos esforçando para que o canal fique bem rico, com vídeos de assuntos variados e interessantes. Ficamos muito felizes que vc tenha gostado. ^^

Beijão.

Gi Lizarda disse...

@Diise França
kkkkkkkkkkkk
Pois ééé... minha mãe é toda orgulhosa dessa minha fome de leitura. ^^

Obrigada por compartilhar suas experiências conosco. \o/

Xeru.

Gi Lizarda disse...

@luluonthesky
Principalmente depois de ler livros em série... Eu fico orfã! hehehe

Beijocas.

Gi Lizarda disse...

@a Frahn ;D
Ameeeeeeeeeeei o comentário gigante, Fran!!!

Viajei no seu depoimento. Muito legal conhecer alguém que é tão louca por livros quanto eu.

Ah, tb tinha uma bíblia legal e ilustrada assim, mas não gostava tanto dela. Depois tive uns livros pequenos com pequenas estórias da Bíblia, tipo Daniel na Cova dos Leões e Adão e Eva. Eles eram lindos. Adorava os desenhos. ^^

E sim, eu estava com o pincel MM nas mãos. Quando marcamos de nos encontrar, Lila e eu sempre gravamos vários vídeos de uma só vez. Nesse dia foram 3 (um deles era a comparação dos pínceis MM com os da Sigma)e da próxima vez terão que ser 4. Imagina!!!

Não fala que Diário de um Banana é chato. Ele é ingênuo! Vc precisa acompanhar a estória, não pode só folhear. Aliás, isso serve para todos os livros da vida.

Nunca mais peça desculpas por escrever um comentário grande! Que coisa boba!!! EU ADOREEEEEEI! ^^

Beijos, beijinhos e beijocas.

Gi Lizarda disse...

@Rubia Olivo
Puxa, Rubia... que pena mesmo. =/
Ainda bem que na minha escola tinha uns até bacanas. Na faculdade tb. Foi aí que comecei a ler Marian Keyes. ^^


XOXO

Confira também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...